Dois investigadores da Polícia Civil do Paraná, de 37 e 54 anos, foram presos temporariamente nesta quinta-feira (10) por, supostamente, terem chantageado um traficante de Curitiba. Segundo a polícia, os agentes teriam exigido R$ 20 mil para não prender o criminoso, do qual já teriam roubado R$ 29 mil.

+Leia também: Polícia na cola de envolvidos com pedofilia em bairros de Curitiba e região

Com as investigações, os policiais se tornaram suspeitos de associação criminosa, roubo e concussão, que é exigir alguma espécie de vantagem de alguém. Um deles foi preso no bairro Água Verde, em Curitiba, o outro em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana. Na casa do agente de 37 anos, a polícia encontrou R$ 13 mil.

A dupla investigada já foi afastada do trabalho e estão presos em Curitiba. Além do procedimento criminal, eles irão responder na esfera administrativa e podem ser demitidos da corporação.

“Devia ter ouvido minha mãe”, diz cliente de loja assaltada no São Braz