Uma resolução divulgada na última terça-feira (26) pela Secretaria de Segurança Pública proíbe a  venda de bebidas alcoólicas  em todo o Paraná hoje (1º), dia em que acontecem as eleições.  Segundo o secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, a "lei seca" é uma atitude preventiva que garante a tranqüilidade pública durante o pleito eleitoral.

 De acordo com a resolução,  as  pessoas que forem flagradas vendendo essas bebidas estarão sujeitas a assinar termo circunstanciado de infração penal. Caberá  ao judiciário definir qual a pena em cada caso e os proprietários que forem flagrados ainda terão seus estabelecimentos fechados até o final da eleição, que este  contará em todo o estado.

A Lei Seca é regulamentada pela Secretaria de Segurança Pública em cada estado. A fiscalização e o cumprimento da determinação cabe à Polícia Militar e à Polícia Civil das cidades. Dos cinco maiores colégios eleitorais do país: São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro não aderiram à orientação.