Rubens Barrichello levantou o público neste sábado em Interlagos. Com uma volta perfeita, feita em 1min10s646, garantiu a pole position do GP do Brasil e ficou um pouco mais perto da tão sonhada vitória em casa. “Fiquei com as perninhas bambas, bambas. A torcida dá muita energia, mas não é fácil não”, disse. “Hoje é um dia muito feliz, mas é só a primeira parte. Vou manter a serenidade, mas o que interessa é amanhã.” Já o sete vezes campeão Michael Schumacher, que bateu durante o treino da manhã e precisou trocar o carro e motor, fez apenas o 8º tempo (1min11s386), mas, como perdeu 10 posições, vai largar apenas em 18.º lugar. Outro brasileiro que brilhou neste sábado em Interlagos, foi Felipe Massa, da Sauber. Após um ótimo treino da pré-classificação, ele foi o antepenúltimo a ir à pista na sessão que definiu o grid. Fez 1min10s922 e sai na quarta posição.

O brasileiro da Ferrari foi o último piloto a ir à pista neste sábado. Naquela altura, a pole era de Juan Pablo Montoya, da Williams, com 1min10s850. Mas desde o início de sua volta rápida, ficou claro que Rubinho iria roubar a pole do colombiano. Em cada trecho da pista, o brasileiro levantava o público. Ao fim da volta, com a pole garantida, vibrou bastante enquanto os torcedores gritavam “Rubinho, Rubinho, Rubinho!”

É a segunda pole consecutiva de Barrichello em Interlagos. “Está sendo um fim de semana fantástico”, afirmou o brasileiro, que também havia dominado os treinos da sexta-feira. “Mas o que interessa é amanhã”, repetiu.

Michael Schumacher se rendeu à performance de Rubinho. “Desde o primeiro treino, ele está fazendo um trabalho maravilhoso”, observou. Ele reconhece que, em 18º no grid, suas chances de vencer são pequenas. “Mas nem eu nem a Ferrari, nem o Rubens, viemos ao Brasil para passear.”

O finlandês Kimi Raikkonen, com 1min10s892, colocou sua McLaren no terceiro lugar no grid, ao lado de Massa. A terceira fila é da BAR, com Jenson Button e Takuma Sato. Ricardo Zonta, o brasileiro da Toyota, sai em 14.º

O GP do Brasil tem previstas 71 voltas e a largada será às 14 horas. A Rede Globo transmite ao vivo a última prova da temporada 2004. Segundo a meteorologia, as chances de chover durante a prova são de 80%.