Os detentos que estão rebelados desde às sete horas da manhã de hoje na Penitenciária 1 de Guarulhos, na Grande São Paulo, estão mantendo dez reféns. Entre eles, o diretor de segurança do presídio. Segundo a assessoria da Secretaria de Administração Penitenciária, os detentos reivindicam a presença do secretário Nagashi Furukawa para continuar as negociações, que estão sendo feitas pelo diretor do presídio Aniceto Fernandes Lopes.