O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, por unanimidade e em sessão administrativa realizada ontem, o envio de força federal para reforçar a segurança e a ordem pública na eleição suplementar para prefeito em Barras, no Piauí, que ocorre no dia 2 de maio.

O pedido de requisição de força federal foi feito pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-PI), desembargador Raimundo Eufrásio Alves Filho. Relator do processo, o ministro Marcelo Ribeiro afirmou que a requisição foi bem fundamentada e votou pelo deferimento do pedido.