Pela quarta vez no ano, o governador Ratinho Jr vai transferir a sede do Governo do Paraná para o interior do Paraná. Desta vez, o município que vai receber as atividades do Executivo será Ponta Grossa – anteriormente, isso já aconteceu com Cascavel, Londrina e Maringá. A instalação do governo no principal polo dos Campos Gerais do Paraná ocorre na quarta-feira (23), às 9h. Durante toda a quarta e quinta-feira (23 e 24), o governador, o vice-governador Darci Piana, secretários de Estado e diretores de empresas e autarquias despacharão do Centro de Eventos e do Centro Agropecuário Ayrton Berger.

+Leia também: Marginais furtam equipamentos de unidade de saúde. Até vacinas foram reviradas!

Nos dois dias, além de atendimentos à população, a agenda inclui reunião com lideranças do Conselho da Cidade, reunião de secretariado, inaugurações do Colégio Estadual Linda Bacila e do Parque Ecotecnológico, além de encontros com prefeitos e lideranças dos Campos Gerais. A transferência ocorre durante a 41ª edição da Exposição Feira Agropecuária e Industrial de Ponta Grossa (Efapi), evento tradicional da cidade e que acontecerá simultaneamente à Feira do Paraná, evento que volta a ser realizado após 20 anos.

+Leia também: Ladrão ousado furta celular de PM e ação é flagrada por câmeras de segurança; veja!

Estratégia

De acordo com o Governo, a mudança temporária é uma estratégia do governo para fortalecer o contato com o interior, se aproximando ainda mais das demandas da população das diversas regiões do Estado, explicou o governador Ratinho Junior. “Queremos estar mais próximos, prestigiar a região e mobilizar a nossa equipe para tomar decisões e resolver os problemas. Agiliza muito todo o processo”, afirmou o governador. “Ao concentrar as ações de governo durante grandes eventos do agronegócio, também demonstramos a atenção ao setor, que é essencial para a economia paranaense”, completou.

Trio é preso instalando equipamento pra roubar senhas em caixas eletrônicos de shopping