A secretária-geral do PSDB de Roraima, Marluce Pinto, confirmou o rompimento com o presidente do partido, o governador e candidato à reeleição Anchieta Júnior, e desde o final de semana faz comícios para o adversário do ex-aliado nas urnas, Neudo Campos, que disputa o governo pelo PP. Marluce é viúva de Ottomar Pinto, uma das principais lideranças políticas que Roraima já teve. Ele faleceu em 2007, deixando o governo nas mãos de Anchieta Júnior.

Nos comícios, Marluce discursa vestida com camiseta com o nome do candidato à Presidência José Serra (PSDB) para deixar claro que o rompimento se restringe ao postulante ao governo, mas se mantém alinhada ao presidenciável tucano.

A família de Ottomar briga na Justiça para proibir Anchieta de usar a imagem do ex-governador na propaganda eleitoral. Sua filha, Marília Pinto, que é deputada estadual e candidata a vice na chapa de Neudo, é autora de uma representação na qual acusa o atual governador de atrelar “indevidamente” sua imagem pessoal à de Ottomar para valer-se da notoriedade e aceitação que o ex-governador possuía junto ao eleitorado.

Em duas decisões, a Justiça Eleitoral negou o pedido, por entender que a imagem do político se tornou pública. Os advogados de Marília já recorreram. Enquanto isso, a propaganda de Anchieta explora a imagem do ex-governador à exaustão. No programa exibido ontem à noite na TV, foi mostrado um vídeo em que Ottomar criticava Neudo Campos.