A presidente Dilma Rousseff encontra-se com o presidente da Alemanha, Joachim Gauck, para discutir a ampliação do fluxo bilateral de comércio e investimentos e o fortalecimento dos laços entre micro e pequenas empresas brasileiras e alemãs.

Na pauta estão ainda as iniciativas de cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação, o apoio alemão ao Programa Ciência sem Fronteiras, a parceria na área de energias renováveis e a participação do Brasil como país tema da Feira do Livro de Frankfurt de 2013.

Gauck ficará no País de segunda-feira (13) a quinta-feira (16), segundo informações do Itamaraty divulgadas nesta sexta-feira. Ele visitará São Paulo e Rio de Janeiro.

Na capital paulista, terá reunião de trabalho com Dilma e, juntos, eles participarão da abertura do 31º Encontro Econômico Brasil-Alemanha, evento tradicionalmente organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pela Federação das Indústrias Alemãs (BDI).

Gauck será o primeiro presidente alemão a abrir um encontro econômico bilateral e sua viagem ao Brasil é a primeira que faz ao exterior acompanhado de delegação empresarial, diz a nota do Itamaraty.

Ainda na segunda em São Paulo, o presidente Gauck comparecerá a concerto com músicos brasileiros e alemães no Teatro Municipal de São Paulo, onde abrirá a Temporada da Alemanha no Brasil 2013/2014, que divulgará os projetos de cooperação entre governos, empresas, universidades e sociedades civis dos dois países, ressaltando a riqueza e diversidade dos vínculos bilaterais.

O Brasil é o maior parceiro comercial da Alemanha na América Latina. O intercâmbio comercial bilateral cresceu três vezes nos últimos dez anos, evoluindo de US$ 6,96 bilhões em 2002 para US$ 21,5 bilhões em 2012. Hoje representa 22% do fluxo comercial com a União Europeia.