A Câmara aprovou hoje (23) a prorrogação dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas, por mais 120 dias. É a quarta prorrogação da CPI criada em fevereiro de 2012, e instalada dois meses depois.

A previsão de encerramento era agosto de 2012. Agora, com a nova prorrogação, as investigações irão até setembro. Presidida pelo deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), a comissão é composta por 22 membros titulares e igual número de suplentes.

Em sessão extraordinária, a Câmara aprovou também a criação do cargo de Alto Representante-Geral do Mercosul. Instituído em 2010 pelo Conselho do Mercado Comum do Sul, o posto deverá ser ocupado por figura política destacada que terá, entre suas atribuições, a função de conferir maior projeção ao bloco.