O senador Alvaro Dias (PSDB/PR) rechaçou, ontem, da tribuna, a nota do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Guido Mantega, em resposta ao pronunciamento que o senador fez condenando a prática do banco de financiar obras no exterior, em detrimento de obras de infra-estrutura imprescindíveis para o Brasil. Alvaro Dias havia denunciado o financiamento pelo BNDES de obras em países como a Venezuela, a República Dominicana, o Peru e o Paraguai, entre outros, enquanto o País marcha para o apagão de infra-estrutura, justamente por falta de recursos no setor.

"É público e notório que, a despeito de todos os alertas da iminência de um apagão logístico em nosso País, o presidente Lula tem usado recursos do BNDES para financiar estradas, ferrovias, metrôs e aeroportos nos países vizinhos, na tentativa de imprimir uma marca de ?Simon Bolívar? na sua liderança regional", denunciou o senador pelo Paraná. Ele negou o pretenso tom de denúncia que o presidente do banco viu em seu pronunciamento.