O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, já está na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Brasília. Segundo o assessor de imprensa da PF, Josiel Brito, uma operação especial foi montada para receber o traficante em Brasília.

O superintendente da instituição, Daniel Sampaio, baixou normas específicas para reforçar a segurança em todo o perímetro da sede da PF em Brasília. "As instalações foram reforçadas e foi construído mais um dormitório ao lado da cela [de Beira-Mar] para o policial que estiver de plantão", informou Josiel.

Transferido hoje (24) da Superintendência da PF em Alagoas, Beira-Mar chegou à sede da Polícia Federal em Brasília às 14 horas. Ele saiu de Maceió às 7h10, em um avião Caravan, da própria PF, acompanhado por sete policiais. Quando chegou à sede da PF, mais 16 policiais de Brasília reforçavam a escolta.

Vestindo bermuda e camiseta, Fernandinho Beira-Mar não respondeu às perguntas dos jornalistas que aguardavam sua chegada. Ainda hoje, ele deve ser submetido a exame de corpo de delito.

Esta foi a nona transferência do traficante, desde que foi preso, em 2001, na Colômbia. Fernandinho Beira-Mar já foi condenado a 32 anos de prisão por tráfico de drogas, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, contrabano e associação com o tráfico internacional e vai ficar à disposição da Justiça Federal.