Foto: Arquivo/O Estado

Grãos de soja: resultado de pesquisa trouxe informações muito boas.

Reconhecida por suas ações na prevenção de doenças cardiovasculares e do câncer de próstata, a soja tem mais um efeito benéfico: além de diminuir os sintomas da menopausa, faz bem para a pele.

Estudo realizado pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) mostrou que a ingestão de 100 mg por dia de extrato de soja (isoflavona) aumenta a espessura e melhora a elasticidade da pele de mulheres na pós-menopausa.

?As isoflavonas também são capazes de retardar, a longo prazo, o surgimento de rugas. Pacientes estudadas sentiram que a pele ficou mais macia?, afirmou Alfeu Accorsi Neto, ginecologista e professor da Faculdade de Medicina de Catanduva, autor do estudo.

Um total de 29 voluntárias participou da pesquisa, que foi feita ao longo de seis meses. Para atestar os efeitos da isoflavona, foram colhidas amostras do tecido da pele do bumbum, antes e depois do uso do produto. O local foi escolhido por não estar sujeito ao envelhecimento pela luz solar.

Segundo Neto, o uso das isoflavonas pode ser uma alternativa à reposição hormonal quando a mulher não quer tomar hormônio ou tem alguma contra-indicação ao estrogênio. Ele alerta que o tratamento só deve ser feito com acompanhamento médico.

O estudo comprovou também que houve um aumento de até 20% no número de vasos sangüíneos na pele. De acordo com Mauro Haidar, orientador do estudo, o maior número de vasos garante melhor nutrição da pele. Além disso, a fortificação dos vasos evita que eles se rompam com facilidade, causando pequenas manchas roxas na pele.

Denise Steiner, presidente da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), regional São Paulo, disse que os efeitos da isoflavona são semelhantes ao do estrogênio e, por isso, apresentam resultados satisfatórios. ?Entre as ações do estrogênio na mulher estão a hidratação da pele, o estímulo à produção de colágeno e a melhora da oxigenação. Na medida em que as isoflavonas têm esses efeitos, temos uma alternativa muito boa para as mulheres que não podem fazer reposição hormonal?.

As isoflavonas também integram cosméticos utilizados na prevenção ao envelhecimento. Empresas como Avon e Natura incluíram a substância em seus produtos de beleza. Não há nenhuma contra-indicação.

Jaime de Oliveira Filho, coordenador do departamento de cosmiatria da SBD, confirma que a soja é uma boa opção de tratamento. ?Ela tem efeito mais discreto, mas melhora a pele?, diz Oliveira Filho.