Prefeitos dos sete municípios no Paraná que compõem o Vale do Ribeira decidiram se unir para lutar pelo asfaltamento do trecho da BR -476, que liga Tunas do Paraná a Adrianópolis, num trecho de cerca de 47 quilômetros, e da PR -092 que dá acesso aos municípios de Cerro Azul e Doutor Ulysses, num trecho de quase 80 quilômetros. Eles acreditam que juntos poderão pressionar o governo estadual e o federal para os problemas da região.

Ontem, prefeitos, produtores e representantes dos sete municípios – Adrianópolis, Bocaiúva do Sul, Cerro Azul, Doutor Ulysses, Itaperuçu, Rio Branco do Sul e Tunas do Paraná – se reuniram em Bocaiúva do Sul para oficializar a criação do Fórum Permanente de Desenvolvimento Sustentável do Vale da Ribeira. Além da questão das estradas, também estavam em pauta a saúde, saneamento, educação e segurança pública.

O prefeito de Bocaiúva do Sul, Elcio Berti, lembra que nos últimos anos de luta foi conseguida a pavimentação de quase 47 quilômetros de Bocaiúva a Tunas, mas ainda falta quase a mesma distância até Adrianópolis”, explica, referindo-se à BR- 476. Segundo ele, o investimento de quase R$ 14 milhões já foi aprovado, mas as obras sequer começaram. Quanto à PR-092, Berti conta que o governo estadual vem prometendo providenciar o asfalto, mas nada foi feito até agora. O prefeito, inclusive, apelou para medidas polêmicas, entre elas a proibição da venda de camisinha, distribuição de amendoim (viagra), e a construção de um ovniporto. “É tudo uma maneira de chamar a atenção para que a estrada seja feita”, admite.