O ano de 2015 vai começar com várias novidades para os nossos leitores. Atenta às transformações do mercado e exigências do público, a Tribuna preparou algumas mudanças que serão implementadas já a partir do primeiro sábado do novo ano, dia 3 de janeiro.

Dando continuidade ao projeto-piloto iniciado no final de outubro, a estratégia de regionalização do jornal vai se multiplicar, passando a atender oito das nove administrações regionais de Curitiba com suplementos específicos, além de um caderno dedicado só a São José dos Pinhais. Tudo isso nas manhãs de sábado, quando os bairros fervem e os comércios locais têm mais vida.

Para abrir espaço a esses novos produtos, a Tribuna tradicional passa a circular apenas nos dias úteis, de segunda a sexta. “Sábado passa a ser dia de conteúdo regional, focado nos bairros”, explica Rafael Tavares, diretor de redação. Cada uma das nove localidades será contemplada com um tabloide mensal. A cada sábado, serão publicadas duas novas edições. A distribuição será totalmente gratuita, em pontos de grande circulação de pessoas. “Milhares de exemplares também ficarão à disposição dos cidadãos nos principais pontos comerciais das regiões atendidas. Queremos atender a este público de forma ampla”, diz Tavares.

Regionais

Os cadernos regionais focam em quatro pilares: demandas da população dos bairros da regional, serviços (principalmente opções gratuitas de esporte, lazer e cultura), projetos e histórias de personagens de destaque da região. “A iluminação precária no Campo de Santana dificilmente seria manchete do jornal, mas pode virar capa do suplemento da regional Pinheirinho”, exemplifica o coordenador de redação, Olavo Pesch.

Em cada edição, nossos repórteres coletam perguntas e buscam respostas das autoridades, que são publicadas na seção “Povo quer saber”. O sucesso do projeto está intimamente ligado à participação dos leitores, que podem sugerir reportagens e trocar ideias com a redação pelo e-mail geralredacao@tribunadoparana.com.br ou pelo telefone (41) 9683-9504 – por ligação, Whatsapp ou SMS. A matéria de capa da última edição da regional Portão, por exemplo, sobre os sinaleiros instalados no cruzamento das ruas Maranhão com Eduardo Carlos Pereira mas sem previsão para entrar em operação, foi sugerida pelo proprietário da banca situada naquela esquina.

Para as empresas que desejam ter sua publicidade nas páginas da Tribuna, o projeto dos suplementos regionais abre novas portas. “Em virtude de uma política comercial agressiva, os anunciantes locais, como padarias e oficinas, por exemplo, passam a ter a possibilidade de ver sua comunicação atrelada a um produto que vai falar diretamente com o público mais perto do seu negócio”, destaca o gerente geral comercial da Tribuna, Jeferson Bronze. Cada regional conta com um vendedor, contratado especificamente para esta finalidade. Interessados em anunciar nos suplementos regionais devem entrar em contato pelo 3331-5828.

Empregos

Também como parte da estratégia de diversificar seus produtos para atender segmentos antes não atingidos pelo jornal diário, a Tribuna aposta no filão de empregos. O suplemento semanal Enkontra.com Empregos, vendido nas principais bancas de Curitiba por R$ 0,75, reúne as melhores vagas, além de matérias, serviços (concursos e cursos com inscrições abertas) e artigos com temática voltada ao mercado de trabalho.

Digital

A Tribuna também está ampliando sua presença digital. O projeto Caçadores de Notícias (www.cacadoresdenoticias.com.br) será reformulado. Em setembro, o jornal lançou o projeto Caça-buracos (www.cacaburacos.com.br), que conta com a participação de leitores para mapear ruas com buracos em Curitiba e região metropolitana e cobrar providências das prefeituras. Na área de segurança, está em fase de conclusão o portal Painel do Crime, um banco de dados online sobre as mortes violentas na Grande Curitiba.
“O mercado de comunicação está bastante agressivo e com muitas oportunidades. Estamos atentos para evoluir e atender sempre da melhor forma nossos clientes, sejam leitores ou anunciantes, com bom jornalismo, produtos atraentes e inovadores”, destaca Luciano Justino, diretor da Tribuna.