A pequena cidade de Laranjal, no Centro-Sul do Paraná, pode ser considerada sortuda, ou muito precavida. De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), o município é o único do estado onde não houve nenhum caso de coronavírus. “É quase que por Deus mesmo, porque está difícil convencer o povo dos riscos”, desabafa o secretário de saúde do município, Sérgio Godoy Lemos.

Com quase 6,3 mil habitantes, a pequena e pacata Laranjal realizou desde o início da pandemia 69 testes do tipo RT-PCR, que identifica a presença de material genético de coronavírus. Até esta quarta-feira (30), todos os testes feitos deram negativo. Além disso, a prefeitura do município realiza testes rápidos semanalmente entre os servidores da saúde e nenhum caso de covid-19 foi registrado.

LEIA TAMBÉMVacina contra a covid-19 da Johnson & Jonhson será aplicada em mil voluntários de Curitiba

Para continuar sendo a única cidade do estado sem covid-19, a secretaria de saúde do município tem feito um trabalho de conscientização no comércio, incentivando a higiene de mãos, uso de álcool em gel e máscaras de proteção facial. “As pessoas estão respeitando, fazendo distanciamento, usando máscaras. Muitos que estão seguindo, mas o trabalho de conscientização está bem difícil porque as pessoas estão perdendo o medo de pegar a covid-19”, explica o secretário de saúde.

Portal da cidade de Laranjal. Foto: Bruno Covello / arquivo Gazeta do Povo.

A cidade, logo no início da pandemia, chegou a implantar barreiras sanitárias nos acessos da cidade. No entanto, a medida foi deixada de lado. “Chegamos a conclusão de que não iria adiantar”, justifica o secretário. 

Diariamente, cerca de 300 funcionários saem diariamente de Laranjal para trabalhar num frigorífico localizado na cidade vizinha, em Ubiratã, cerca de 100 km de distância. “Nós fazemos monitoramos diariamente todos esses funcionários, medimos temperatura e fazemos testes rápidos também”, esclarece. Todos os dez ônibus utilizados para levar os trabalhadores até o frigorífico são higienizados frequentemente.

Logo no início da pandemia, os frigoríficos foram uma das principais preocupações da secretaria da saúde do estado. Somente no mês de julho, 34 frigoríficos registraram com casos covid-19, em 16 deles com surto da doença. Em apenas nove, foram contabilizados mais de 100 casos de coronavírus.

Funcionários da Secretaria da Saúde Prefeitura de Laranjal paramentados para a coleta de testes da covid-19. Foto: Prefeitura de Laranjal / divulgação.

Hospital? Só a 100 km

Com apenas duas unidades de saúde no município, um possível caso grave de coronavírus em Laranjal seria encaminhado para um dos hospitais de referência mais próximo, em Pitanga, a 100 km, ou em Laranjeiras do Sul, a 90 km de distância. “Nós ficamos bem distante do primeiro socorro. Temos a nossa frota, ambulância pronta, isolada e preparada para a covid-19. Seguimos todos os protocolos. Mas tem essa distância”, ressalta o secretário da cidade. 

A coleta de exames é feita no próprio município, mas enviada para a regional de saúde mais próxima, que fica em Guarapuava, a 180 km. “De lá de Guarapuava, o exame coletado aqui é encaminhado para o Lacen, em Curitiba. Nossos resultados demoram no mínimo dois dias para ficarem prontos. Até hoje, todos deram negativo. Esperamos que continue assim”, deseja.