Cerca de 500 servidores da educação realizaram ato, na manhã de ontem, em frente à Secretaria da Educação(Seed), para marcar o Dia do Educador e pressionar o governo a atender as reivindicações da categoria. Entre as principais estão o envio e aprovação da proposta de alteração do Plano de Carreira à Assembleia Legislativa, reajuste de 8,59% para os funcionários e reconhecimento dos servidores na Lei do Piso.

Representantes da categoria foram recebidos pelo secretário da Educação, e vice-governador Flávio Arns. De acordo com Marlei Fernandes de Carvalho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato), a conversa foi positiva e houve avanço em alguns pontos da pauta. “O secretário se mostrou receptivo às nossas cobranças e prometeu celeridade aos processos”, diz. No entanto, Marlei conta que se até o próximo dia 30, data da Luta pela Educação no Paraná, não houver avanços, a categoria vai estudar a possibilidade de paralisação. A categoria também realizou atos no interior. De acordo com a APP-Sindicato, servidores dos 32 Núcleos Regionais de Educação se mobilizaram e aderiram à manifestação da categoria.