Quem não levou seus filhos para se vacinar contra a poliomielite ganhou mais uma chance. A campanha foi estendida por duas semanas. A vacina está disponível em qualquer posto de saúde. Crianças menores de cinco anos devem ser imunizadas.

De acordo com o secretário da Saúde, Carlos Moreira Júnior, a prorrogação, que acontece em todo o Brasil, se deu porque nenhum Estado atingiu a meta de vacinar 95% das crianças.

“Embora a meta não tenha sido alcançada, o Paraná foi o Estado que mais vacinou. Ao todo, imunizamos 592.859 crianças, o equivalente a 76,96% do público alvo”, afirma.

Apelo

O secretário faz um apelo aos pais que ainda não levaram seus filhos aos postos de saúde. “É muito importante que as crianças recebam as gotinhas. Embora o último caso registrado no Paraná tenha sido em 1986 (Campo Largo), ainda há 25 países onde a doença não foi erradicada. Como há certa facilidade do vírus se deslocar, não estamos totalmente livres. Daí a importância da conscientização dos pais”, alerta.