enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Pressão do dia a dia faz homens procurarem psicólogos

Não existe um perfil específico para esse público, indo dos 18 anos aos 80

  • Por Carolina Gabardo Belo

Pode parecer estranho, mas não é de hoje que os homens estão procurando ajuda para conseguir lidar com a pressão do dia a dia. Quem garante é a psicóloga Suely Kardosh, que ministra o Curso para Homens. A principal reclamação deles, conta ela, é reflexo da rotina da vida moderna.

“O ritmo de vida está acelerado e as pessoas se perderam com isso. Não podemos ficar escravos deste estilo de vida e precisamos usufruir com inteligência desta característica”, afirma ela, que também é psicoterapeuta de família. Tanta correria vai parar nos relacionamentos, especialmente na vida familiar, que muitas vezes não suporta a pressão diária. É neste momento que entra a intervenção de Suely.

Não há um perfil específico de homem que procura o auxílio da psicóloga. Desde o jovem de 18 anos até o senhor de 80, independente da profissão, todos sofrem com a dificuldade de relacionamento e escutam o mesmo conselho: “é preciso aprender a ouvir, a calar e a falar.”

Durante o curso, ministrado em um ambiente descontraído, um bar com muitos petiscos e aperitivos, Suely ressalta que o problema está na falta de comunicação. “As dificuldades sempre vão existir e para melhorar é preciso uma boa conversa. Minha proposta é evitar que as pessoas adoeçam porque vivem num mundo acelerado, com dificuldades de relacionamento em casa ou trabalho. É preciso encontrar alternativas com sua própria inteligência lidar melhor no seu dia a dia”, garante. O relaxamento vem de uma boa conversa, em que a troca de experiência e os conselhos da psicóloga ajudam a perceber quais são as dificuldades do dia a dia e como superá-las.

Suely também ministra cursos específicos para o público feminino e para casais. A psicóloga conta que a abordagem entre os dois sexos é completamente diferente, bem como as dificuldades de relacionamento de cada um deles. Mesmo assim, o foco para a solução dos problemas é o mesmo, investir na boa comunicação. “Temos que aceitar nossas características. Podemos lutar e vencer as dificuldades juntos”, orienta.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas