A prefeitura de Pinhais diz que vai realizar uma vistoria hoje para identificar a procedência dos resíduos químicos que estão sendo despejados no Rio Atuba. Ontem, o Paraná Online mostrou que efluentes procedentes de um bairro industrial do município atravessam o Parque Histórico da Vilinha, no Bairro Alto, e são lançados sem nenhum tratamento no rio.

Segundo a prefeitura de Pinhais, técnicos do departamento de Meio Ambiente local e da Secretaria de Meio Ambiente de Curitiba estiveram no local no mês passado, mas não encontraram nenhuma irregularidade. A prefeitura diz também que a usina de asfalto do município não gera resíduos líquidos e que tem todos os laudos necessários autorizando sua implantação no local.