Dar apoio e prestar assistência jurídica gratuita a pessoas vítimas de acidentes e delitos de trânsito. Este é o objetivo da organização não-governamental (ONG) Dias Melhores, fundada ontem em Curitiba pelo casal Gilberto, advogado, e Márcia Gaeski, estudante de Direito.

No dia 1.º de janeiro deste ano, a filha do casal, Bruna Gaeski, então com 16 anos, foi atropelada por uma garota de 21 anos que estava dirigindo embriagada e em alta velocidade no Balneário de Piçarras, em Santa Catarina. Bruna morreu na hora e, tempos depois, seus pais tiveram a idéia de criar a ONG.

Ontem, Bruna estaria completando 17 anos. “O que me revolta é que a garota que atropelou minha filha está por aí, levando uma vida normal, como se tirar a vida de outra pessoa fosse uma coisa banal”, afirma Gilberto. “Desde que Bruna morreu, venho observando como é difícil levar para frente um processo relativo a acidente de trânsito, e que falta disposição das autoridades competentes para se fazer justiça. Então, resolvi criar a ONG”.

Ele conta que, de janeiro até agora, gastou muito dinheiro com advogados, e assim vem conseguindo que o processo sobre a morte de sua filha flua relativamente bem. Porém, ele se preocupa com pessoas que passaram por situações semelhantes à dele, mas não têm dinheiro para pagar os honorários de um advogado e desconhecem seus direitos.

“Quero ajudar essas pessoas, pois noto que os delitos de trânsito se tornaram banais e que a estrutura existente destinada à apuração dos casos é muito pequena”, diz. “A Dias Melhores já conta com o apoio de 25 advogados e inicialmente deve funcionar apenas em Curitiba, mas minha intenção é, futuramente, estender a iniciativa para outras regiões”.

A fundação da ONG aconteceu no Big Bowling, no bairro Água Verde, onde crianças carentes assistidas pelo Instituto Salesiano de Curitiba foram convidadas a participar de uma série de brincadeiras. Em paralelo aos serviços de assistência jurídica a vítimas de trânsito, a organização também vai desempenhar ações de voluntariado voltadas a crianças de baixa renda, com atividades recreativas, culturais e desportivas.

Serviço: O telefone da Dias Melhores é (41) 253-4783.