enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Empresário é dono da maior coleção de Atari

Toda a coleção está em uma sala construída para abrigar o material

  • Por Joyce Carvalho, Meia Fina

A maior coleção de consoles e de cartuchos de jogos de Atari do País está em Curitiba. O lendário videogame se transformou no hobby do empresário Antônio Borba, que recebeu neste ano dois títulos do RankBrasil, que lista recordes nacionais. Ele já possuía o recorde de maior coleção de Atari, estabelecida em 2007, pela mesma instituição. A diferença para este ano é que todo o material foi separado em duas categorias: consoles e cartuchos. Agora fica mais difícil tirar os títulos de Borba, que possui 72 aparelhos de Atari e outros 1,7 mil cartuchos de jogos.

Toda a coleção está em uma sala construída especialmente para abrigar o material, na casa dos pais do empresário, no bairro Mossunguê. A quantidade de videogames não caberia na residência de Borba. Por isso a solução foi a montagem do espaço, que conta até com desumidificador para a preservação das peças. ‘Jogava Atari quando criança e, conforme a idade vai avançando, bate uma nostalgia. Comecei a coleção em 2004. Comecei a comprar consoles e cartuchos meio que de brincadeira e a coleção foi crescendo. Por causa do Atari, fiz amizade com colecionadores do Brasil e também de fora do País. Existe esta troca de experiências‘, conta o empresário.

De acordo com ele, a história do Atari no Brasil é única, pois houve muita reprodução de aparelhos e de cartuchos, boa parte sem registro. Ele considera que uma coleção como a que possui é resgate de parte da história dos videogames. ‘Nos Estados Unidos, há apenas um tipo de Enduro (um dos jogos mais populares do Atari). No Brasil, foram 40 diferentes. Aqui são 1,7 mil cartuchos lançados, enquanto nos Estados Unidos foram cerca de 500‘, ressalta Borba.

Alguns jogos são bem complexos

A rotina agitada não permite que o empresário passe o tempo que gostaria jogando Atari. A coleção também depende de muita dedicação. Mas para os Caçadores de Notícias ele abriu uma exceção e mostrou alguns jogos durante a entrevista. Entre os preferidos de Borba estão os cartuchos Pressure Cooker e Kaboom.

Para jogar, ele utilizou um console com frente de madeira, lançado em 1977, e um dos primeiros modelos de joystick, original. ‘Muitos acham os jogos de Atari bobos. Mas muitos, como o Pressure Cooker, são complexos‘, avalia. Ele lembra que, diferente dos aparelhos atuais de videogames, não é possível salvar as fases no Atari. Se a disponibilidade de tempo terminar para o jogo, é necessário recomeçar na próxima vez. Tudo bem para quem está disposto a recordar o marco que o Atari foi entre as décadas de 70 e 80.

Allan Costa Pinto
Todo o material fica em uma sala construída especialmente para este fim, na casa dos pais.
Allan Costa Pinto
Empresário curitibano é dono da maior coleção nacional de consoles e cartuchos de jogos do videogame que fez sucesso nos anos 70 e 80.

Confira no vídeo o bate-papo.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas