A batida entre um caminhão e um Fiat Strada vermelho, no início da noite desta segunda-feira (20), na PR-418 (Contorno Norte), causou a morte de Vergílio Castagnoli Neto, 53 anos. De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o motorista tentou fazer um retorno proibido, no quilômetro 20, e foi atingido na porta pelo caminhão.

“Pela maneira como os veículos pararam e as marcas no asfalto, da pra dizer que ele tentou fazer a conversão, que não é permitida neste local”, explicou o tenente Feijó, dos Bombeiros. Vergílio ficou preso nas ferragens e os socorristas tiveram trabalho para retirá-lo, mas a gravidade dos ferimentos não permitiu que ele resistisse.

“Eu tentei segurar, mas ele apareceu na pista muito rápido e foi impossível. O caminhão foi arrastando por vários metros”, comentou Alexandre Medeiros, que estava ao volante da carreta.

De acordo com moradores, os acessos à rodovia e os retornos foram mal feitos. “A sinalização é muito ruim, as pessoas acabam entrando na estrada pela contramão. Já fizemos protestos por causa das mortes, mas os acidentes continuam e nada é feito. Esse trevo é perigoso”, disse o motorista aposentado Adalto Venturini, que mora na região há 35 anos.

O corpo de Vergílio foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML). De acordo com a PM, ele tinha acabado de sair do trabalho, era casado e morava em Campo Largo.

Não é permitido fazer o retorno no local. Foto: Lineu Filho