O presidente da comissão de direitos de trânsito da OAB-PR, Marcelo José Araújo, pediu ontem a exoneração do cargo de assessor jurídico do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran).

Araújo saiu por não concordar que o Cetran seja presidido pelo diretor-presidente do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), David Antonio Pancotti. Além disso, Araújo alega ainda questões pessoais para sua saída, dizendo que “é notória a antipatia pessoal que ele (Pancotti) nutre pela minha pessoa”.