A Pastoral do Migrante da Arquidiocese de Curitiba promove hoje a sexta edição da Festa da Integração dos Povos e Culturas Latino-Americanas. O evento, que acontece no Bosque São Cristóvão, no bairro Santa Felicidade, contará com comidas típicas de diversos países latino americanos, além de apresentações de dança de cada cultura.

Segundo Elisete Santana de Oliveira, que faz parte da equipe organizadora do evento, é uma oportunidade para que as pessoas possam conhecer melhor os países vizinhos. Para ela, a gastronomia é, talvez, o caminho mais eficaz para essa integração. “Pela comida se revela muito de cada cultura. Nesse aspecto, o idioma não é empecilho”, afirma.

O evento começa a partir das 10h30, com a celebração da missa que, além de ser alusiva ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, será direcionada para os povos latinos. Após a missa, haverá um almoço com comidas típicas dos 12 países que estarão representados na festa. A programação segue com as apresentações, que vão desde a animada salsa caribenha até o elegante tango argentino, além da variada gastronomia.

Elisete ressalta que o número de pessoas que visitam a festa vem crescendo a cada ano. Para hoje, a expectativa é de que o volume de pessoas seja maior do que foi verificado na última edição. Ela conta que todos os preparativos foram feitos por imigrantes que residem na capital paranaense. A idéia é valorizar esses moradores. “Além promover uma oportunidade para as pessoas interagirem com as culturas dos países vizinhos, essa festa é um espaço importante para a integração social do imigrante de língua hispânica que vive em Curitiba.”