Foi aberta nesta segunda-feira pela manhã a nova bilheteria do Centro Cultural Teatro Guaíra, localizada ao lado do Salão de Exposições. A bilheteria tem quatro terminais de atendimento e, por estar em um espaço fechado, oferece mais segurança para o público e para os funcionários do teatro.

A grande novidade é o pagamento de ingressos por cartão de débito Redecard (Rede Shop e Maestro) e Visanet (Visaeletron). "Esta obra é a realização de um antigo sonho da administração do Teatro Guaíra e uma ação de respeito ao público", disse o diretor administrativo do CCTG, Altair Dorigo.

A diretora do Centro Cultural, Nitis Jacon, disse que a bilheteria é mais um avanço na modernização do teatro e faz parte do conjunto de obras que está sendo feito para revitalizar o teatro, inaugurado há 50 anos. "São as pequenas ações que mostram que o Teatro Guaíra está vivo e é mais do que uma casa de espetáculos. É um centro irradiador de cultura para todo o estado", disse.

O estudante de Administração Internacional (UFPR), João Ricardo Brum, 18 anos, foi o primeiro atendimento da nova bilheteria. Ele chegou às 9h30 para comprar um ingresso para o show do grupo Engenheiros do Hawaí. "Para mim foi uma honra ter recebido a senha número um. Vou guardar tanto o ingresso como a senha porque agora faço parte da história do Teatro Guaíra", disse, feliz em saber que não precisará mais do guarda-chuva para esperar pelo atendimento da bilheteria.

Obra

A nova bilheteria que instalada em uma área de 50 metros quadrados foi projetada pelo arquiteto Sérgio Izidoro, do setor de arquitetura do Guaíra e tem algumas particularidades. Para o teto foram feitos painéis fotográficos com imagens da Orquestra Sinfônica, do Balé Teatro Guaíra, do G2 Cia. de Dança e da Escola de Dança Teatro Guaíra.

Nas paredes laterais, nichos para exposição de produtos com a marca do Teatro Guaíra e espaço para cartazes das peças apresentadas nos auditórios. A segurança será feita por um sistema de monitoramento de vídeo e as paredes e vidros do balcão de atendimento são blindados. Durante o horário de funcionamento um segurança ficará de plantão, também em uma cabine blindada.

A compra de ingressos será feita por um sistema de senhas. A área conta ainda com poltronas, preferencialmente, para grávidas, pessoas idosas e portadores de necessidades especiais. Ou, enquanto espera a sua vez de atendimento, a pessoa poderá visitar exposições no salão anexo.

Nitis Jacon disse ainda que a nova bilheteria é uma das etapas de revitalização do Teatro Guaíra, criado há 50 anos, e que pela primeira vez desde a sua criação está recebendo melhorias. Entre as obras já executadas e previstas estão a compra de novos sistemas de iluminação e de som para os quatro auditórios, reformas em banheiros, camarins e na área administrativa, nova iluminação externa e reparo nas fachadas externas do teatro – ancoragem das placas de mármore e limpeza das pichações.