Rio – Terminou há pouco, na 34ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, o depoimento do ex-deputado federal Sérgio Naya, acusado dos crimes de falsidade ideológica e falsificação de documento público no processo de indenização das vítimas do Edifício Palace II, que desabou em 1998, deixando oito mortos. O ex-deputado Sérgio Naya negou ao juiz Cairo Ítalo França David que tenha cometido esses crimes. Ao final do depoimento, o magistrado – que manteve a prisão do ex-deputado, e só admite mudança na decisão se surgir algum fato novo – adiantou que agora a Justiça vai tomar os depoimentos das testemunhas arroladas pelos advogados de defesa e acusação. Segundo o juiz, a sentença será proferida em um prazo de dois meses.