Milhares de fiéis receberam o Papa Bento 16 na famosa praça São Marcos, em Veneza, neste sábado, na primeira visita papal à cidade desde que João Paulo 2º cruzou aqueles canais há 26 anos. Cantando, simpatizantes saudaram Bento 16, coberto com uma capa vermelha contra o vento frio de maio. O papa estendeu a sua bênção sobre a cidade, lembrando sua vocação ao longo dos séculos como ponte entre o Oriente e o Ocidente.

A primeira parada do papa foi Aquileia, a leste de Veneza, local de uma antiga cidade romana sobre a qual foi construída uma basílica, considerada a igreja-mãe que uniu o mundo latino-germânico e a população eslava durante a Idade Média. O local já foi considerado a segunda diocese mais importante da Igreja Católica, depois de Roma.

O ponto alto da visita será a missa ao ar livre amanhã, quando se esperam 300 mil fiéis no parque Mestere, na parte da cidade que fica no continente. Depois, Bento 16 participará de uma assembleia de bispos. Em sua despedida da cidade, andará na mesma gôndola na qual João Paulo cumprimentou admiradores ao longo do Canal Grande, em 1985. As informações são da Associated Press.