O ministro da Segurança Interna do Mali disse, em comunicado, que 36 pessoas foram mortas pisoteadas e esmagadas, logo após uma cerimônia religiosa. O ministro Sadio Gassame afirmou que o tumulto aconteceu no estádio Modibo Keita, em Bamako, capital do país africano, em um festival que marcou o feriado sagrado islâmico do Maouloud. A confusão aconteceu quando a multidão deixava o estádio e se empurrou contra grades de metal. As informações são da Associated Press.