Uma rádio australiana “passou” um trote no hospital onde Kate Middleton está internada e conseguiram informações sobre a esposa de Príncipe William, que descobriu, recentemente, estar grávida do primeiro filho do casal.

Os radialistas teriam de passado pela Rainha Elizabeth e pelo Príncipe Charles para obter as condições de saúde do paciente. Os “acusados” negam tal ação e o hospital afirmou que irá rever procedimentos internos.