O Fundo Monetário Internacional (FMI) mandou um claro sinal de que a Grécia precisa intensificar os esforços nas negociações com credores internacionais sobre seu programa de ajuda, afirmou hoje o Ministério de Finanças da Alemanha, enfatizando que a entidade precisa fazer parte de um eventual acordo com Atenas.

Os comentários vieram depois de o FMI decidir suspender ontem as conversas sobre o resgate da Grécia diante da incapacidade dos envolvidos de fazer avanços em direção a um acordo, elevando o risco de que o país fique sem recursos financeiros e, em última instância, seja obrigado a deixar a zona do euro.

Segundo o porta-voz do ministério alemão, Martin Jäger, uma solução para a questão da Grécia sem o FMI é “impensável” para a Alemanha.

Já o porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que Berlim quer e trabalha para que a Grécia permaneça na zona do euro, mas repetiu que a solidariedade da Europa dependerá dos esforços dos gregos para reformar sua economia. Fonte: Dow Jones Newswires.