Depois de o ônibus especial Enterprise fazer sua “viagem final” pelo rio Hudson, em Nova York, para ser exposto no Intrepid Sea, Air and Space Museum, resta saber o destino das outras três espaçonaves aposentadas pela Nasa.

Poucos sabem, mas o Enterprise é apenas um protótipo de ônibus espacial, que nunca chegou a ir para o espaço. Os “verdadeiros” desbravadores espaciais, Discovery, Endeavour e Challenger, já se encontram em processo de exposição permanente.

É o mais velho dos ônibus espaciais. Voou em 39 missões, sendo a primeira delas em 1984 e a última em março de 2011. No total, viajou 274 milhões de quilômetros, passando 365 dias no espaço.
Em abril, foi conduzido do Cabo Canaveral, na Flórida, para Virgínia, fazendo um sobrevoo pela capital americana, Washington. Ele já se encontra em exposição no Museu Nacional Aeroespacial Smithsonian, em Chantilly, Virgínia.

Endeavour

É a mais nova das aeronaves. Foi construída para substituir a Challenger, que explodiu durante seu lançamento, em janeiro de 1986. Voou em 25 missões, sendo a primeira em 1992, e a última em junho de 2011. Viajou quase 228 milhões de quilômetros e ficou 299 dias no espaço.

A Endeavour continua no Centro Espacial Kennedy, em Orlando, Flórida e vai ser levada via aérea em setembro para o Centro de Ciência da Califórnia, em Los Angeles.

Atlantis
Voou em 33 missões, sendo a primeira em 1985 e o última em julho de 2011. No total, viajou pouco mais de 233 milhões de quilômetros e ficou 307 dias no espaço.

O Atlantis continua no Centro Espacial Kennedy, em Orlando, Flórida e vai permanecer por lá. Em novembro, vai ser levado pela estrada para o complexo de visitantes do local.