O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, viajará a Lisboa em novembro para duas cúpulas separadas com os líderes dos países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e da União Europeia (UE), anunciou hoje a Casa Branca.

O encontro dos chefes de Estado dos países da Otan, que deverá ter como temas centrais os nove anos da guerra no Afeganistão e a reforma da Aliança Atlântica, já foi marcado para acontecer em 19 e 20 de novembro, na capital portuguesa.

Acusado de esnobar o bloco europeu em maio, quando cancelou a participação em outro encontro EUA-UE, Obama deverá participar de uma nova cúpula entre o país e o bloco europeu em 20 de novembro, que terá como tema a situação da economia mundial e outros assuntos de “interesse mútuo”. A cúpula também acontecerá em Lisboa, logo após o final do encontro da Otan.

Os europeus também se queixam de que Washington, sob o governo Obama, está privilegiando a relação com os países do Pacífico. “Os Estados Unidos não têm um parceiro mais forte do que a Europa para avançar a segurança e a prosperidade ao redor do mundo”, segundo o comunicado da Casa Branca.

“Nossa relação econômica é vital para a prosperidade global e estamos comprometidos em cooperar para promover um crescimento forte e sustentável nas nossas economias”. As informações são da Dow Jones.