O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, abriu uma confortável vantagem de dois dígitos sobre seu rival republicano John McCain na preferência do eleitorado americano, revela uma nova pesquisa Wall Street Journal/NBC News.

Apesar de a maioria dos entrevistados considerar que McCain esteja mais preparado para governar o país do que o jovem senador democrata por Illinois, agora o questionamento à candidatura republicana recai sobre o preparo da companheira de chapa de McCain, a governadora do Alasca, Sarah Palin.

A pesquisa divulgada hoje mostra Obama com 52% da preferência do eleitorado. McCain vem dez pontos porcentuais atrás, com 42% das intenções de voto. Há duas semanas, a vantagem de Obama era de seis pontos porcentuais.

A vantagem de dez pontos é a mais ampla já obtida por Obama nas pesquisas realizadas em conjunto pelo WSJ e pela NBC. Os pesquisadores entrevistaram, por telefone, 1.159 pessoas entre os dias 17 e 20 de outubro. A margem de erro é de 2,9 pontos porcentuais para mais ou para menos.