enkontra.com
Fechar busca

Mundo

mundo

Ex-vice-presidente dos EUA, Joe Biden defende seu comportamento com mulheres

  • Por Estadão Conteúdo

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden afirmou neste domingo que não acredita ter agido de forma inadequada com mulheres, mas que irá “escutar respeitosamente” sugestões de que o fez. Biden, que está decidindo se entrará na disputa presidencial de 2020, divulgou comunicado em resposta a alegações de uma integrante do Partido Democrata em Nevada que ele a beijou na parte de trás da cabeça em 2014 e a deixou desconfortável.

“Em meus muitos anos de campanhas e de vida pública, eu ofereci incontáveis apertos de mão, abraços, expressões de afeto, apoio e conforto. E nenhuma vez – nunca – eu acredito ter agido de forma inadequada”, disse Biden. “Se alguém sugerir que eu o fiz, ouvirei respeitosamente. Mas essa nunca foi a minha intenção”.

A alegação foi feita em artigo para a “New York Magazine” escrito por Lucy Flores, ex-deputada estadual por Nevada e indicada pelo Partido Democrata em 2014 para a candidatura a vice-governadora do Estado. No artigo publicado na sexta-feira, Flores escreveu que ela e Biden estavam esperando para subir ao palco durante comício em Las Vegas antes da eleição de 2014. “Eu senti duas mãos nos meus ombros. Congelei. ‘Por que o vice-presidente dos Estados Unidos está me tocando?'”, escreveu Flores. “Ele começou a dar um grande beijo na parte de trás da minha cabeça”.

O organizador do comício, Hery R. Munoz III, disse em comunicado no sábado que falou com várias pessoas e funcionários que compareceram ao comício e que “não acreditam que as circunstâncias apoiem as alegações de que tal evento ocorreu”.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas