O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a negar nesta quarta-feira que tenha havido qualquer irregularidade de sua parte. Durante breve entrevista coletiva ao lado do premiê da Itália, Giuseppe Conti, Trump afirmou que o relatório na Câmara dos Representantes é “uma piada” e que o oposicionista Partido Democrata perderá votos por causa dele, na eleição de 2020.

Trump voltou a dizer que não houve qualquer irregularidade em seu telefonema com o presidente da Ucrânia. A oposição acusa o presidente americano de pressionar o outro líder a ajudá-lo politicamente, investigando o ex-vice-presidente Joe Biden, um rival político de Trump. “Não houve toma lá da cá”, insistiu.

“Impeachment é uma palavra suja e só pode ser usada em caso de crimes graves”, afirmou Trump. “Nesse caso não houve crime, insistiu.