O líder da maioria democrata no Senado norte-americano, Harry Reid, disse que a Casa deverá aprovar hoje a lei orçamentária para o ano fiscal de 2015, que prevê gastos de US$ 1,1 trilhão e recebeu sinal verde da Câmara dos Representantes ontem à noite.

Reid, que falou no plenário do Senado, disse que a proposta está “longe de ser perfeita”, mas, de qualquer forma, merece a aprovação dos senadores.

O pacote de gastos precisa ser aprovado nesta sexta-feira, uma vez que o governo norte-americano está sendo financiado por uma lei provisória que expirará à meia-noite, pelo horário local. Caso a nova lei não receba o aval do Senado, Washington estará sujeita a uma paralisação.

Na Câmara, a proposta foi aprovada numa votação apertada, por 219 votos a favor e 206 contra. Fonte: Market News International.