A explosão de uma bomba atribuída ao grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade) causou danos ao diretório do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) em Elgoibar, no norte basco da Espanha, mas não deixou vítimas.

De acordo com a polícia basca, a bomba explodiu às 3h25 locais em frente ao diretório do PSOE.

Minutos antes, uma pessoa telefonou para a polícia advertindo que ocorreria uma explosão e a reivindicou em nome do ETA.

Houve tempo suficiente para que a polícia local isolasse o perímetro da área indicada no telefonema.

Javier Balza, porta-voz do Ministério de Interior, disse que investigadores já têm pistas sobre os responsáveis pelo ataque.