Um porta-voz do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou em comunicado que o acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit, não está aberto para renegociação. Segundo a nota, o acordo já existente é o único e melhor meio de garantir uma saída “ordenada” do país do bloco.

Além disso, o comunicado, feito após consultas com os 27 governos da UE, afirma que o bloco ouviria um “pedido refletido” para atrasar a data do Brexit, mas nota que isso teria de ser aprovado por todas as nações envolvidas.

Um graduado funcionário da UE afirmou que não há espaço para quaisquer renegociações. “Isso apenas prolongará a agonia deles”, afirmou a fonte.

Mais cedo, a premiê Theresa May afirmou que o Reino Unido buscará reabrir o diálogo com o bloco, com a intenção de rever a questão da fronteira entre as Irlandas. O discurso de May foi feito após o Parlamento britânico aprovar uma emenda autorizando a volta às negociações. Fonte: Dow Jones Newswires.