O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, afirmou nesta quinta-feira (1.º) que as modificações que o governo pretende fazer no edital de concessão de 7 trechos de rodovias federais vão reduzir a taxa interna de retorno prevista para estes empreendimentos. O último edital prevê uma taxa de retorno de 12,88%. "Seguramente, a taxa será afetada e será menor do que 12,88%", disse o ministro, acrescentando que essa redução será bem razoável.

Segundo ele, a taxa deverá cair como conseqüência da redução dos parâmetros de risco que o governo pretende fazer no edital. Passos, entretanto, não acredita que a redução da taxa de retorno afetará a atratividade do leilão perante os investidores privados.