O título mundial Sub-17 é do México. Ontem à noite, na final disputada em Lima, no Peru, os mexicanos bateram o Brasil por 3 a 0. É a primeira vez na história que o México conquista um título mundial, contando todas as categorias do futebol.

A Seleção sofreu um golpe muito duro logo no início da partida. Aos cinco minutos, Anderson levou uma pancada no tornozelo direito. O craque do time tentou continuar em campo, mas depois de manquitolar por alguns minutos teve de ser substituído pelo corintiano Maurício.

O Brasil não conseguiu superar a perda de seu principal jogador, aquele capaz de resolver o jogo numa arrancada ou num chute. A história do jogo poderia ter sido diferente se a cobrança de falta de Celsinho aos 28 minutos tivesse entrado e não tocado no travessão. Mas dois minutos depois o México abriu o placar com um gol de peixinho de Vela, que terminou como artilheiro da competição com cinco gols.

Mais dois minutos e o México matou a partida de vez com um gol de fora da área de Esparza. No segundo tempo o Brasil atacou como um bando de índios, sem organização nem equilíbrio emocional. Guzmán fez o terceiro aos 40 minutos. E nos minutos finais os meninos brasileiros ofereceram um triste espetáculo, distribuindo pontapés. O lateral Marcelo foi expulso.