Os ministros das Relações Exteriores do Japão, da China e da Coréia do Sul manterão um encontro trilateral em Jeju, na Coréia do Sul, em junho, informou a agência de notícias japonesa Kyodo. O ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Aso, disse que o encontro com seus colegas da China e da Coréia do Sul, Li Zhaoxing e Song Min-soon, acontecerá em 3 de junho.

Tóquio tem pontos de discórdia sobre diversas questões com Pequim e Seul, incluindo disputas territoriais e recentes declarações do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que negou que mulheres asiáticas tivessem sido forçadas a trabalhar em prostíbulos militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.

O ministro das Relações Exteriores do Japão assegurou hoje aos sul-coreanos que Tóquio mantém os pedidos de desculpas feitos em 1993 pela escravidão sexual nos bordéis militares na Segunda Guerra. Os comentários de Aso buscavam minimizar uma potencial escalada nos atritos políticos com a Coréia do Sul.