Na tarde de 6 de dezembro, na Escola da Magistratura, foram abertos os envelopes de identificação dos trabalhos que as Comissões Julgadoras consideraram os vencedores da Mostra Talento 2004, do Tribunal de Justiça.

Os vencedores foram:

Categoria Minha Historia de Vida:

1.º lugar: Uratai Solnowski Branco, oficial de Justiça, 16." Vara Cível de Curitiba, com a obra "Heróis e suas Fortalezas".

2.º lugar: Alexandre Arns Steiner, engenheiro, Departamento de Engenharia e Arquitetura, com a obra "Felicidade em 3 atos".

Menção Honrosa: Marcos Adir Rausis, motorista, com a obra "Crescimento pessoal, busca e conquista".

Categoria Minha História Pitoresca:

1.º lugar: Alboni Marisa Dudeque Pianovski Vieira, assessora Jurídica, aposentada, com a obra "Um milhã com dois perfilhos: qual é a solução?"

2.º lugar: Sebastiana Rosi Arantes, auxiliar de Cartório, aposentada, com a obra "Paixão Arquivada".

3.º lugar: Rosaldo Elias Pacagnan, juiz de Direito, Comarca de Cascavel, com a obra: "Vamos rachar, Doutor?"

Menção Honrosa: Edgar Martins Ocanha, secretário de Turmas Recursais dos Juizados Especiais, Comarca de Telêmaco Borba, com a história "José, o oficial novato".

Categoria "Sugestão Premiada":

1.º lugar: Rafael Liberato, programador de Computadores, Departamento de Informática do TJ, com o projeto: "SOS Sistemas de ordens e serviços".

2.º lugar: Rosaldo Elias Pacagnan, juiz de Direito, Comarca de Cascavel, com o projeto: "Cartas Precatórias por meio eletrônico".

3.º Lugar: Jordão Violin, técnico Judiciário, Departamento Judiciário do TJ, com o projeto: "A recuperação da noção do todo como paradigma para a agilização da prestação da tutela jurisdicional".

Menção Honrosa: Silmara Elias Gomes de Paula, com o projeto "Alguns aspectos da eficácia da inclusão do Ato Ordinatório da Vista Obrigatória (art. 162, parágrafo 4.º do CPC) no Código de Normas da Corregedoria-Geral da Justiça".

Lucineli R. Saldanha Kuster Gonçalves, Andréia Karla Dorce e Cláudia Regina F. S. Rossetin, com o projeto:" Programa de Integração e Preparo de Novos Servidores".

Categoria "Talentos Literários do Judiciário":

Gênero Poesia

1.º lugar: Adriana Bruner Gomes, auxiliar de Cartório, Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Curitiba, com o título: "Verso Vivo".

2.º lugar: Dirce Buffara de Camargo Viana, psicóloga, Vara da Infância e da Juventude de Curitiba, com o título: "E agora?".

3.º lugar: João Carlos Scheremetta Maia, assessor Jurídico, com o título: "Soneto n.º 2".

Menção Honrosa: Maria Do Rocio Soffiatti Biscaia, servidora Inativa, com o título: "Abraços".

Gênero Conto

1.º lugar: João Carlos Stek, contador, Secretaria do Departamento Econômico e Financeiro, com o título: "Naquela tarde de verão".

2.º lugar: Paulo Martins, oficial de Justiça, Comarca de Apucarana, com o título: "José Estanislau".

3.º lugar: Marly Mary da Cruz Macedo, assessora Jurídica, Aposentada, com o título: "Cadê os borso?".

Menção Honrosa: Deyse Mara Kaminski, secretária do 7.º Juizado Especial de Curitiba, com o título: "O Casamento".

Categoria "Servidor Destaque"

Categoria Secretaria: 1.º lugar: Sibele Cachuba.

Categoria Capital: 1.º lugar: Ignez Maria Da Silva Machado.

Categoria Interior: 1.º lugar: Shirlei Lurdes Bavaresco.

Menção Honrosa: Jucimary Jazar Marochi, in memoriam.

A premiação ocorreu no dia 14 de dezembro, terça-feira, às 16h, no 10.º andar do Tribunal de Justiça, numa belíssima festa, com a presença do presidente do TJ Oto Sponholz, ocasião em que houve a apresentação do Coral do Centro de Educação Infantil `Maria José Coutinho Camargo’ e do Coral Curumim e a Orquestra de Câmara da PUC, com o Auto de Natal, numa apresentação emocionante, seguido de um coquetel oferecido pelo Banco do Brasil.

Os prêmios variaram de viagens para o Nordeste até final de semana em estância em Curitiba, com acompanhante e pensão completa.

A promoção, pioneira no Judiciário estadual, foi iniciativa do Tribunal de Justiça e da Escola da Magistratura do Paraná, visando revelar o talento de juízes e servidores, na área artística ou na agilização e/ou desburocratização dos serviços.