Brasília – Os funcionários do Banco Central deverão paralisar parcialmente suas atividades nesta quarta-feira (10) em todo o país. A mobilização visa pressionar o governo a retomar as negociações salariais de 2005, segundo informações do presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal), David Falcão.

A paralisação parcial, explicou, é uma "advertência" ao governo, que não negocia com a categoria desde 30 de junho. "Nós estamos buscando o governo para reabrir a mesa de negociação salarial de 2005, mas não houve resposta", disse Falcão. Amanhã, a categoria reúne-se em assembléia para decidir se aprova uma paralisação de 24 horas no próximo dia 18.

Os funcionários têm 49 reivindicações, entre as quais reajuste emergencial de 18% aos funcionários, reposição de perdas salariais desde 1998 (que somadas chegam a 47%) e realinhamento do plano de carreira dos funcionários.