O ministro da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, José Fritsch, visita pela manhã a colônia de pescadores da região de Paranaguá (PR). O objetivo é avaliar os prejuízos causados aos mais de três mil trabalhadores que vivem da pesca com a explosão do navio de bandeira chilena carregado com metanol, na última terça-feira.