O brasileiro Felipe Massa afirmou, logo após os treinos coletivos da F-1 em Sepang, na Malásia, que a Ferrari não está tão à frente dos rivais quanto parece.

O piloto de 25 anos acredita que a escuderia italiana não é favorita e deve se preparar para as corridas assim como as rivais McLaren e BMW, concorrentes igualmente fortes, nas palavras do brasileiro.

?Estamos todos no mesmo planeta. Posso dizer que estamos fortes e rápidos, mas precisamos nos preparar para as corridas da mesma forma que os outros competidores. A McLaren é difícil de superar e a BMW também é forte. Precisamos nos portar como eles?, afirmou.

Massa acredita que a corrida do próximo final de semana será tão movimentada quanto em Melbourne. ?Realmente não sei o que os outros estão fazendo, mas, 100%, acredito que será bom como na Austrália?.

Perguntado se a vantagem da escuderia italiana continuará a mesma do GP da Austrália, Felipe tratou de se esquivar: ?É difícil dizer agora, olhando para os testes. Não é a hora ideal de dizer coisas assim. Vamos ver o próximo final de semana?.

Antes dos testes em Sepang, Massa realizou um ?intensivão? em uma fazenda no Brasil, para se acostumar com o alto desgaste físico proveniente do forte calor asiático.

?No momento o carro está com boa resistência e eu estou bem. Fiz muitas voltas de manhã em temperaturas na casa dos 40°C, então é um bom sinal. Estou pronto para a corrida?, completou Felipe, que comentou sobre os pneus testados na Malásia.

?Avaliei os dois tipos de pneus que serão usados na corrida. Também trabalhei na parte de acerto, o que é normal. Não foi nada de especial, apenas nossa preparação de rotina?, encerrou o brasileiro.