A polícia civil determinou nesta terça-feira (7) a retenção de um avião Cessna 182 que transportava pelo menos 400 quilos de cocaína no Aeroporto Municipal de Guararapes, região de Araçatuba, interior de São Paulo. A localização do avião no aeroporto é resultado de seis meses de investigações da Operação Guararapes, realizada por policiais do Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil de São Paulo.

De acordo com o delegado Pascoal Ditura, titular da Diap, a droga foi negociada por colombianos e peruanos com traficantes brasileiros, na chamada Conexão Colômbia-Peru-Brasil. "Sabemos que a aeronave decolou em Cuiabá, no Mato Grosso", disse o diretor do Denarc, delegado Emílio Françolin.

O piloto da aeronave, André de Souza Filho, de 32 anos, que foi preso em flagrante, e a droga foram levados para a sede do Denarc, no Butantã, zona oeste da capital paulista. O Cessna apreendido deverá ficar sob a guarda da administração do Aeroporto de Guararapes.