O Ministério das Finanças da Alemanha disse que uma redução da dívida da Grécia não está na agenda. “A nossa posição é bem conhecida… Um corte na dívida não é uma questão para nós”, disse o porta-voz do Ministério, Martin Jaeger.

Segundo Jaeger, não há motivo para uma reestruturação da dívida, uma vez que a Grécia ainda precisa estabelecer novas propostas para receber uma ajuda financeira.

Na semana passada, o Fundo Monetário Internacional (FMI), que tem sido um importante credor da Grécia ao longo dos últimos cinco anos, sugeriu que o alívio da dívida para a Grécia é

necessário.

Jaeger disse que a Europa decidiu que as reformas econômicas juntamente com a ajuda financeira era a melhor saída para um futuro sustentável para a Grécia, acrescentando que o programa estava funcionando bem no país até o final do ano passado.

Jaeger disse que não vê muita necessidade de mudar esta abordagem, notando o sucesso de outros países. Fonte: Associated Press