A demanda por transporte aéreo doméstico registrou crescimento de 7,4% em dezembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), nesta quarta-feira, 28, que consolida dos números de Avianca, Azul, TAM e Gol. Apesar do bom desempenho do último mês do ano, sazonalmente mais forte, no consolidado do ano o crescimento da demanda foi de 5,7% em 2014, o que corresponde a um arrefecimento em relação ao ritmo de expansão apresentado nos anos anteriores, de 6,5% em 2013 e 7% em 2012.

Já a oferta, medida em assentos-quilômetros oferecidos, cresceu 5,11% em dezembro na comparação com igual mês de 2013, consolidando uma expansão de 0,8% em 2014, abaixo da alta de 2% em 2013.

Com avanços da oferta menores que os da demanda, a taxa de ocupação ficou em 80,96% em dezembro, o que corresponde a uma alta de 1,73 ponto porcentual sobre o mesmo mês do ano passado. No consolidado de janeiro a dezembro, a taxa de ocupação evoluiu 3,71 ponto porcentual, para 79,91%.

Em termos de participação de mercado, medida em passageiro-quilômetro transportado (RPK), a TAM segue na liderança, com 38,41%, o que corresponde a uma queda de 1,72 ponto porcentual. Já a Gol ficou com uma fatia de 36,4%, a Azul deteve 16,77% e a Avianca ficou com 8,43%.

Internacional

No segmento internacional, a demanda cresceu 5% em 2014, enquanto a oferta recuou 1,5%. Com isso, a taxa de ocupação nos voos internacionais foi de 82,4%, ganho de 5,1 pontos porcentuais sobre o ano anterior.

A TAM obteve a maior parcela de mercado nas operações internacionais, com 84,48% de participação, seguida pela Gol, com 14,92%. As entrantes neste segmento, Azul e Avianca, ficaram com 0,57% e 0,02% do mercado, respectivamente.