Rio de Janeiro – Os Jogos Pan-Americanos do Rio, que levaram milhares de pessoas à capital fluminense, não alteraram positivamente o mercado de trabalho na região metropolitana da cidade.

A informação é da Pesquisa Mensal de Emprego realizada nas seis maiores regiões metropolitanas do país pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e divulgada nesta quinta-feira (23).

Segundo o levantamento, a variação na taxa de ocupação da população economicamente ativa de junho para julho no Grande Rio foi de 0%.

?Nos dados da Pesquisa Mensal de Emprego a gente não vê nenhuma sinalização de que os Jogos Pan-Americanos pudessem ter trazido para o Rio de Janeiro um aumento do nível da ocupação ou uma queda na desocupação. A curto prazo, no período restrito do mês de julho, isso não ocorreu?, disse o gerente da pesquisa, Cimar Azeredo.

De acordo com IBGE, houve redução do emprego na região metropolitana do Rio de Janeiro de junho para julho na área da construção (1,9%) e de outros serviços (1,8%), que reúne atividades ligadas a alojamento, hospedagem, turismo e transporte.

Mas cresceram as contratações nos serviços prestados à empresas (1,7%) e na educação, saúde e administração pública (1,7%).

Em relação a julho de 2006, a população ocupada no grande Rio cresceu 1,6%.