A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, defendeu nesta quarta-feira, 11, a localização da Refinaria de Abreu e Lima, próxima ao Porto de Suape, em Pernambuco. “Mesmo com todas as dificuldades do porto e dos acessos rodoviários, Pernambuco ainda é a melhor localização para a refinaria do Nordeste”, afirmou.

Ela também defendeu a tentativa de acordo com a estatal venezuelana PDVSA para a construção da refinaria, o que acabou não se concretizando. “Seria inconcebível não buscar uma parceria energética com a Venezuela. Não há como se dar as costas à maior reserva de petróleo do mundo, que é a Venezuela”, acrescentou.

Graça disse ainda que a Petrobras tem se esforçado para concluir a refinaria com um desembolso de R$ 18,5 bilhões. Mais cedo, a executiva disse que o primeiro trem da refinaria de Abreu e Lima deve ser concluído em novembro deste ano.